REPORTER BRAVO

REPORTER BRAVO

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) vai realizar nos próximos dias 17 e 24 de outubro o quarto leilão do ano de veículos retidos no Rio Grande do Norte. Serão leiloados automóveis e veículos de duas rodas que poderão entrar em circulação ou serem levados para sucatas. Segundo a PRF, serão postos à venda 820 veículos. Do total, 484 estarão aptos a voltar às ruas e outros 336 serão destinados para sucatas. Na primeira etapa do leilão, nesta quinta-feira (17), estarão à venda os lotes de 1 a 319. A visitação dos produtos começou nesta terça-feira e segue até amanhã (16), no pátio de empresa terceirizada Transguard, responsável pela guarda dos veículos retidos pela PRF, em Natal, Mossoró e Caicó. Ainda de acordo com a PRF, a segunda etapa do leilão será no dia 24, com os lotes de 320 a 639. A visitação será aberta nos dias 22 e 23, das 8h às 12h e das 13h às 17h, nos mesmos locais.

A arrematação dos veículos classificados como “Sucatas aproveitáveis com motor inservível”, será restrita às empresas de desmontagem, registradas perante o órgão executivo de trânsito do Estado em que atuar. O edital do leilão foi publicado e está disponível AQUI. Nele contém os detalhes dos veículos, os locais para a visitação, os lances iniciais, além de direitos e responsabilidades dos arrematantes. A maioria dos lotes estão com fotos disponíveis na mesma página da internet. Os lances já podem ser ofertados pela internet até o momento do leilão presencial, nos dias 17 e 24 de outubro, que ocorrerão no endereço abaixo:

PRESENCIAL

Local: RIFÓLES PRAIA HOTEL
Endereço: Rua Cel. Inácio Vale, 8847, Ponta Negra, Natal/RN
Datas: 1ª etapa: 17/10/2019 – 2ª etapa: 24/10/2019
Horário de início do leilão: 9 horas (horário local)

ONLINE

Site: www.lancecertoleiloes.com.br

Um ataque a tiros ocorrido no início da noite desta terça-feira 15 de outubro de 2019 deixou um morto e outro ferido na região das Malvinas em Mossoró no oeste potiguar. informações preliminares da polícia militar uma vítima morreu no local enquanto que a outra foi socorrida com vida para a unidade de pronto atendimento a roupa do São Manoel.

Cerca de 15 policiais federais estão cumprindo 3 mandados de busca e apreensão. A Força-Tarefa Previdenciária no Rio Grande do Norte integrada pela Polícia Federal e a Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista (CGINT), da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, deflagrou nesta terça-feira, 15, a Operação Cubo de Rubik. Cerca de 15 policiais federais estão cumprindo 3 mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª. Vara da Justiça Federal nas cidades de Natal e São José de Mipibu/RN. A operação visa desarticular um esquema criminosa que se utilizava de documentação falsa para a obtenção de benefício previdenciário. Segundo a PF, a fraude consistia na utilização de registros civis falsos para se criar dependentes fictícios e posteriormente requerer o benefício previdenciário da espécie pensão por morte. Do total de benefícios fraudulentos já detectados, o prejuízo estimado aos cofres da União é de aproximadamente R$ 200 mil e, em se considerando que tais benefícios poderiam ser pagos até que os falsos dependentes alcançassem a maioridade esse montante poderia chegar a R$ 1,03 milhão, valendo salientar que, com a continuidade das investigações muitos outros beneficiados do esquema poderão ser descobertos e esse valor ser ainda maior.

O nome da operação é uma alusão ao quebra-cabeça Cubo de Rubik, também conhecido como Cubo Mágico, que possibilita múltiplas resoluções e formatos, tal qual o modus operandi dos fraudadores que se apresentavam com diversas identidades.

Policiais civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) de Natal, com apoio da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECAP), prenderam em flagrante, nesta terça-feira (15), Márcio Costa da Silva, conhecido como” Marcinho”, 25 anos, e Radamezia Barbosa Leonardo, conhecida como “Sandra”, 27 anos. Márcio Costa e Radamezia Barbosa foram presos no bairro Passo da Pátria, na Zona Leste de Natal. Eles são suspeitos de praticarem os crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico e posse irregular de arma de fogo. Com a dupla, foram apreendidos porções de “crack”, dinheiro fracionado, um revólver calibre .32, embalagens plásticas para condicionamento das drogas, uma câmera digital, três relógios de pulso e duas caixas de fogos. Eles foram conduzidos até a delegacia e encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Caso aconteceu na noite de sábado (13) no bairro Lagoa Azul, na Zona Norte da cidade. Um cabo da Polícia Militar, de 46 anos, foi detido no 9º Batalhão da PM após disparar tiros com a arma da corporação durante uma briga doméstica. O caso aconteceu na noite deste sábado (12), por volta das 22h, no bairro Lagoa Azul, na Zona Norte da cidade. A Polícia Militar foi acionada pela esposa do policial, uma mulher de 38 anos, que disse que seu marido efetuou disparos com uma pistola, dentro de casa, por ela não permitir que o filho do casal saísse com o pai, que estava embriagado. Após o relato da mulher, a pistola, que pertence ao Comando da PM, foi recolhida e o militar foi levado à Central de Flagrantes da Polícia Civil. O militar foi autuado e conduzido ao 9º Batalhão da PM, onde está à disposição da Justiça.

Um motoqueiro sofreu um grave acidente no final da manhã deste domingo na RN-117 que dá acesso à cidade de Martins, no pé da serra. Antes de cair ele bateu em um poste. Apesar do uso de colete de competição (via ombros), populares afirmaram que faltava o capacete. O rapaz foi socorrido desacordado para o hospital de Martins-RN por uma ambulância do município. Seu estado de saúde é desconhecido. É comum o tráfego de pessoas sem capacete na RN-117 e também na própria cidade de Martins. Não há interesse público municipal.

Medida requer que o serviço, que hoje é realizado pela PM e agentes da Guarda Municipal, seja feito por integrantes das Forças Armadas. Ainda segundo ele, os militares das Força Aérea Brasileira (FAB) – que já atuam na proteção da Barreira do Inferno – poderiam absorver esta obrigação. Ele reforça que a retirada dos policiais militares deste serviço de vigilância, algo que perdura há 20 anos – após decisão judicial que proibiu o acesso do público ao Morro do Careca –, permitiria aumento do contingente dos agentes no atendimento de ocorrências concretas e na preservação da ordem pública. O promotor público enviou ofício ao Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte e solicitou colaboração para a substituição de policiais militares na vigilância da interdição do Morro do Careca. Também foi pedido ao comandante da CIPAM o efetivo total empregado na atividade de vigilância do Morro do Careca, bem como esclareça se o uso de agentes de segurança está prejudicando outras ações do grupamento. O inquérito solicitou, ainda, que o Centro de Lançamento da Barreira do Inferno esclareça se a segurança da unidade é realizada por militares da FAB ou se é terceirizada.

Os policiais procuravam por dois elementos com as mesmas características da dupla, acusados de vários assaltos na região do Sumaré, liberdade, planalto e adjacências. Tentando fugir da guarnição, os elementos caíram da motocicleta que estavam circulando em atitude suspeita. Eles quando perceberam a presença dos militares tentaram fugir desenvolvendo alta velocidade e caíram da motocicleta e foram dominados pelos policiais. Segundo o Cb Nogueira os elementos moram na região do Dom Jaime Câmara e já tem passagem pelo crime de roubo ou assalto. Diego Bruno e Paulo Victor foram encaminhados para a delegacia de Plantão, juntamente com as vítimas para o procedimentos cabíveis. No dia 08 de Janeiro de 2014, Diego Bruno foi preso acusado de tomar uma moto de assalto, na época ele reagiu a prisão sendo necessário o uso de uma arma de choque pela PM para contê-lo.

No dia 08 de Agosto de 2018, estando em liberdade vigiada por meio de tornozeleira eletrônica Diego Bruno foi preso com armas e droga no Alto de São Manoel

Um borracheiro sofreu uma tentativa de homicídio enquanto trabalhava na tarde deste sábado, 12 de Outubro de 2019, na rua Antônio Cosme Júnior, no bairro Vertentes, em Assú, no Rio Grande do Norte. Identificado como Arthur Fernandes dos Santos, conhecido como "Arthur Borracheiro" estava concertando um pneu quando dois homens em uma motocicleta chegaram e efetuaram disparos contra a vítima, que foi alvejada. Segundo relatos da polícia, Arthur teria sido atingido por dois disparos, um deles na região do abdômen. Imediatamente, Arthur foi socorrido para o Hospital Regional Nelson Inácio dos Santos e será transferido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU, para o Hospital Tarcísio Maia. Arthur já foi preso pela polícia militar no dia 17 de Dezembro de 2015, suspeito de ter participado de um assalto na cidade de Itajá, contra uma mulher, naquela época, o celular da vítima havia sido levado. A polícia militar prendeu Arthur e outro suspeito no centro de Assú, após serem abordados próximo a Caixa Econômica Federal. A tentativa de homicídio vai ser investigada pela polícia civil. Informações que chegaram até a PM, é que os dois suspeitos de tentarem matar Arthur, fugiram em alta velocidade sentido o bairro Frutilândia, pela rua do colégio CEPA.

Por volta das 12:40h do dia 10/10/2019, policiais militares das equipes CPM 05, ROCAM, 1BPM, 9BPM e BPCHOQUE, em patrulhamento pelo bairro de Mãe Luíza, mais precisamente na travessa Florestal, efetuaram a captura de Júlio César do Nascimento da Silva, 32 anos. O acusado possuía em seu desfavor dois mandados de prisão em aberto pelos crimes de homicídio, roubo e corrupção de menor, além de ter sido flagranteado portando um revólver, calibre 38, número de série 200061, municiado. O infrator foi alvejado pela PM na ocasião em que participava de um grupo de criminosos que efetuaram disparos de arma de fogo contra os policiais e que se evadiram. Após o confronto, o meliante foi socorrido ao hospital Walfredo Gurgel.

Página 1 de 12